A PRÁTICA DE COMPARTILHAMENTO DE CONHECIMENTO E INFORMAÇÃO EM ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21728/p2p.2023v10n1.p402-425

Palavras-chave:

Compartilhamento de conhecimento; conhecimento; Gestão do Conhecimento; organizações públicas.

Resumo

Informação e conhecimento são vitais para a construção de uma nova sociedade e comprovam que a melhor forma de combater as desigualdades é possibilitar a efetiva inclusão de todo cidadão na sociedade da informação. Em um contexto de evolução contínua, a prática do compartilhamento de conhecimento e informações vem sendo abordada e difundida nas organizações públicas e privadas como fator crucial para o bom desempenho organizacional. Este trabalho tem como objetivo avaliar o compartilhamento de conhecimento e informações na organização pública. A pesquisa foi realizada no Centro de Estatística e Informação da Fundação João Pinheiro. Trata-se de resultados de uma pesquisa descritiva de caráter quantitativo de coleta e análise de dados.Os resultados desse estudo permitiram concluir que os funcionários trocam muitas experiências através de meios informais e formais, o que permite a geração de novos conhecimentos com maior facilidade e a difusão do conhecimento entre os membros. Os dados da pesquisa demonstraram que as informações adquiridas, a cada novo trabalho desenvolvido, geram um conhecimento inovador e melhoram o nível e o volume de conhecimento adquirido para o desenvolvimento de novos trabalhos.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

BARROSO, Antônio C. O.; GOMES, Elizabeth B. P. Tentando entender a gestão do conhecimento. RAP, v. 32, março/abril, 1999.

CHOO, C. W. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Editora Senac, 2003.

DAVENPORT, T. H. Ecologia da Informação. São Paulo: Futura, 1998.

DAVENPORT, T.; BECK, J. C. A economia da atenção. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

DAVENPORT, Thomas H.; PRUSAK, Laurence. Conhecimento Empresarial. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

FRANÇA, Junia Lessa. Manual para normalização de publicações técnico-científicas. 6 ed. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Belo Horizonte: 2004. Disponível em: <http://www.fjp.gov.br>. Acessado em 30.03.2004.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar Projetos de Pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

KROGH, Von G.; ICHIJO, K.; NONAKA, I. Facilitando a criação de conhecimento. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MATTAR, F.N. Pesquisa de marketing: metodologia, planejamento. 5ª ed. São Paulo: Editora Atlas, 1999.

McGEE, T.; PRUSAK, L. Gerenciamento estratégico da informação. Rio de Janeiro: Campus, 1995.

NISEMBAUM, Hugo. Gestão do Conhecimento: enriquecendo o capital humano. In: BOOG, Gustavo; BOOG, Madalena. Manual de gestão de pessoas e equips. V 2. São Paulo: Editora Gente, 2002.

NONAKA, I. TAKEUCHI, H. Criação do Conhecimento na Empresa. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

SANTIAGO JR, José Renato Sátiro. Gestão do Conhecimento: a chave para o sucesso empresarial. São Paulo: Novatec, 2004.

SANTOS, Antônio Raimundo dos. et al. Gestão do conhecimento: uma experiência para o sucesso empresarial. Curitiba: Champagnat, 2001.

SENGE , Peter M. – A Quinta Disciplina – A arte e a prática da Organização que aprende – 13º ed . São Paulo: Best Seller ,2002.

STEWART, Thomas A. A riqueza do conhecimento. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

STEWART, Thomas A. Capital intelectual: a nova vantagem competitiva das empresas. 9 ed. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

SVEIBY, Karl Erik. A nova riqueza das organizações: gerenciando e avaliando patrimônios de conhecimento. 6 ed. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

Downloads

Publicado

14/09/2023

Edição

Seção

Estudos da Informação

Como Citar

ZIVIANI, Fabricio; RIBEIRO, Jurema Suely de Araújo Nery; CORRÊA, Fabio; FERREIRA, Renata Costa. A PRÁTICA DE COMPARTILHAMENTO DE CONHECIMENTO E INFORMAÇÃO EM ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS. P2P E INOVAÇÃO, Rio de Janeiro, RJ, v. 10, n. 1, p. 402–425, 2023. DOI: 10.21728/p2p.2023v10n1.p402-425. Disponível em: https://revista.ibict.br/p2p/article/view/6591.. Acesso em: 23 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 406

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)