Análise de programas e modelos para o desenvolvimento de competências infocomunicacionais

Autores

  • Keyla Sousa Santos Universidade Federal da Bahia (UFBA)
  • Daniel dos Santos Sousa Universidade Federal da Bahia (UFBA)
  • Jussara Borges Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Palavras-chave:

Competências infocomunicacionais, Educação para a informação, Programas de formação em competências

Resumo

A capacidade de localização, seleção e gestão da informação, bem como sua disseminação para públicos adequados está entre as competências mais demandadas na sociedade contemporânea. Assim, faz-se necessário o desenvolvimento de competências infocomunicacionais, de modo que estas e outras ações sejam desenvolvidas conscientemente. Há crescente número de iniciativas voltadas à promoção de competências infocomunicacionais, dispersas tanto em termos de formato, público-alvo ou proposta de formação. Este trabalho pretende contribuir com o conhecimento na área ao sistematizar e analisar os programas e modelos para o desenvolvimento de competências infocomunicacionais no Brasil e no exterior. Busca ainda apresentar um estudo comparativo dos programas tendo como base o modelo de competências desenvolvido por Borges (2018). O levantamento envolveu pesquisa bibliográfica em bancos de dados das áreas de ciência da informação, educação e comunicação; e documental na Web. Foram recuperadas 34 instituições que promovem ações relativas às competências. Constatou-se que número relevante de ações foca nas competências em informação, enquanto as competências operacionais e em comunicação aparecem em segundo plano. Considera-se que no Brasil há urgência de promover intervenções que busquem preparar o sujeito para lidar com as demandas infocomunicacionais da sociedade contemporânea.

Biografias dos autores

Keyla Sousa Santos, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) - BA - Brasil.

Daniel dos Santos Sousa, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Graduando em Arquivologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) – BA - Brasil. Bolsista de Iniciação Científica PIBIC - CNPq na Universidade Federal da Bahia (UFBA) - Brasil.

Jussara Borges, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Pós-doutorado pela Universidad Carlos III de Madrid (UC3M) - Espanha. Doutora em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) - Salvador, BA - Brasil. Professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA) – BA – Brasil. Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) - Porto Alegre, RS - Brasil.

Referências

BORGES, Jussara; BEZERRA, L.; DIOMONDES, S.; COUTINHO, L. . Competências infocomunicacionais: um conceito em desenvolvimento. In: XIII Enancib, 2012, Rio de Janeiro. Anais Digitais. Rio de Janeiro: Ancib, 2012.

BORGES, Jussara. Competências Infocomunicacionais: estrutura conceitual e indicadores de avaliação. Informação & Sociedade, João Pessoa, v. 28, n. 1, p. 123-140, jan./abr. 2018. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/issue/view/2010/showToc. Acessoem 13 abr. 2018

BRUCE, Christine; EDWARDS, Sylvia; LUPTON, Mandy. Six Frames for Information literacy Education: a conceptual framework for interpreting the relationships between theory and practice. Innovation in Teaching and Learning in Information and Computer Sciences, v. 5, n. 1, p. 1-18, 2006.

BRUCE, Christine. Seven Faces of Information Literacy in Higher Education. 1997. Disponível em: <http://www.christinebruce.com.au/informed-learning/seven-faces-of-information-literacy-in-higher-education/>. Acesso em: 25 mar. 2018.

BUNDY, Alan. Australian and New Zealand information literacy framework. Principles, standards and practice. 2004.

DAVALLON, J. A mediação: comunicação em processo.Prisma.com, n. 4, 2007.

DELORS, Jacques et al. EDUCAÇÃO UM TESOURO A DESCOBRIR: Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. Brasília: Unesco, 1998. 288 p.

EDWARDS, Sylvia L. Web-based information searching: understanding student experiences to enhance the development of this critical graduate attribute. 2004.

FURTADO, Renata Lira; ALCARÁ, Adriana Roseclér. Desenvolvimento e formação de competência em informação: um mapeamento de modelos, padrões e documentos. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 16., 2015, João Pessoa. Anais... . João Pessoa: UFPB, 2015

GOLDSTEIN, S. Perceptions of the SCONUL seven pillars of information literacy: A brief review. SCONUL. Review, v. 20, 2015. Disponível em: https://www.sconul.ac.uk/sites/default/files/documents/Seven_pillars2.pdf

IFLA. Diretrizes sobre desenvolvimento de habilidades em informação para a aprendizagem permanente. Boca del Rio, Veracruz, México, 2007. Tradução de Regina Célia Baptista Belluzzo.

KUHLTHAU, C. C. Developing a model of the library search process: Investigation of cognitive and affective aspects. Reference Quarterly 1988, 28 (2), 232-242.

LAMB, Annette. Wondering Wiggling, and Weaving: A New Model for Project and Community Based Learning on the Web. 1997.

MACEDO, Lurdes. Competências em comunicação para a sociedade da informação: alguns elementos sobre a situação dos recém-licenciados em Portugal. Comunicação e Sociedade, v. 14, p. 69-94, 2008

MANIFESTO de Florianópolis sobre a Competência em Informação e as populações vulneráveis e minorias. In.:II Seminário "Competência em informação: Cenários e tendências". Florianópolis, 2013. Disponível em: <http://febab.org.br/manifesto_florianopolis_portugues.pdf>

MARTINEZ-SILVEIRA, Martha Silvia; SAMPAIO, Ana Maria Fiscina Vaz; BOA-MORTE, Adelvani Araújo. Avaliação de um programa para o desenvolvimento de competência em informação e instrumentalização para a pesquisa científica em saúde. In: XIX Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias, 19., 2016, Manaus. Anais....Manaus: Edua, 2016. p. 1 - 11.

REEDY, Katharine; GOODFELLOW, Robin. Digital and information literacy framework. Open University, 2012.

SECKER, Jane; COONAN, Emma. A new curriculum for information literacy: Curriculum and supporting documents. 2011.

UNESCO. Marco de Avaliação Global da Alfabetização Midiática e Informacional (AMI): disposição e competências do país. Brasília: UNESCO, Cetic.br, 2016. 138 p.

UNESCO. Padrões de Competência em TIC para professores: Diretrizes de implementação. Paris: Unesco, 2008.

UNESCO. Understanding Information Literacy: A Primer. Paris: Unesco, 2007, 94p.

Downloads

Publicado

03/05/2019

Como citar

Santos, K. S., Sousa, D. dos S., & Borges, J. (2019). Análise de programas e modelos para o desenvolvimento de competências infocomunicacionais. Ciência Da Informação, 48(1). Recuperado de http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/4312

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)