Residência artística: deslocamentos e mobilidades para um laboratório | Artistic resindecy: moving and mobility for a laboratory

Marina Souza Lobo Guzzo

Resumo


RESUMO Esse artigo tem como objetivo apresentar uma experiência de residência artística situada no Laboratório Corpo e Arte, no Instituto de Saúde e Sociedade da Unifesp Baixada Santista. A proposta é que este relato fomente o trânsito entre artistas e cientistas, diálogos e trocas possíveis, estimulando a diversidade das formas de criar e produzir conhecimento em saúde, mas também em outras áreas, a partir da experiência estética e do convívio. É urgente que o conhecimento produzido na universidade consiga circular e dialogar com outros setores políticos e sociais em um mundo à beira de uma catástrofe climática. Pontes entre cientistas, laboratórios e a comunidade, são necessárias e precisam ser construídas cotidianamente: um artista pode ajudar muito nessa empreitada.

Palavras-chave: Arte; Ciência; Residência Artística; Deslocamentos; Mobilidade.

ABSTRACT This article aims to present an artistic residency experience in the Body and Art Laboratory at the Institute of Health and Society of Unifesp Baixada Santista. Our proposal is that this report fosters the transit between artists and scientists, their dialogues and possible exchanges, stimulating a diversity of ways of creating and producing knowledge about health, but also in other fields, based on aesthetic experience and conviviality. It is imperative that knowledge produced at the university be able to circulate and dialogue with other political and social sectors in a world on the verge of a climatic catastrophe. Bridges between scientists, laboratories and the community are necessary and need to be built on a daily basis: an artist can help a lot in this endeavor.

Keywords: Art; Science; Artistic Residence; Displacements; Mobility.


Palavras-chave


arte, ciência, residência artística, deslocamentos, mobilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v13i1.3753

Apontamentos

  • Não há apontamentos.