Primeiras representações da identidade de gênero e da diversidade nas histórias em quadrinhos de super-heróis estadunidenses

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v19i2.6578

Palavras-chave:

representações visuais-verbais de diversidade de gênero, histórias em quadrinhos e representações de gênero, mediação de leitura, formação do leitor

Resumo

A formação do leitor é uma temática preponderante nos estudos da Biblioteconomia e, mais recentemente, apropriado pela Ciência da Informação. Contudo, esses estudos se referem mais à acessibilidade, apresentação, mediação e formação do perfil leitor, a partir da produção literária já consagrada pela academia ou disseminada com sucesso pela indústria cultural. Sob a temática dos estudos de gênero, a presente pesquisa tem por objetivo estabelecer um panorama das recentes alterações na representação de personagens com diversidade de gênero, ou seja, pertencentes à comunidade LGBTQIAPN. Tendo em vista a existência de discretas pesquisas sobre a representação da informação junto a estes segmentos sociais no campo da Ciência da Informação, recorrerá de modo interdisciplinar aos aportes teóricos da Teoria da Informação, articulada à Teoria das Representações Sociais (TRS), de Moscovici e a Narratologia de Todorov. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e documental, com metodologia descritiva e de abordagem qualitativa, precedida por pesquisas e vivências em fluxo contínuo dos autores. Como principais constatações, foi verificado que ocorreram duas fases de representação de personagens com diversidade de gênero, a primeira iniciada nos anos 1940 e a segunda iniciada em 1980. Conclui-se que os percalços sociais e as políticas públicas não têm impedido que a Comunidade LGBTQIAPN+ tenha a sua representação na identidade e no imaginário social. Porém, é preciso atentar para o apelo comercial, que pode se apropriar de tais representações como estratégia de marketing, sem contribuir para o necessário diálogo e interlocução social

Biografia do Autor

  • Valéria Aparecida Bari, Departamento de Ciência da Informação, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, Brasil

    Possui graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade de São Paulo e exerce a profissão de Bibliotecária desde 1990. com registro regular e atualizado no sistema CFB/CRB; possui mestrado em Ciência da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2002) e doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (2008). Ingressou na carreira docente do magistério superior da Universidade Federal de Sergipe - UFS (2009). É líder do GRUPO PLENA - Grupo de Pesquisa em Leitura, Escrita e Narrativa: Cultura, Mediação, Apresentação Gráfica, Editoração, Manifestações, desde 2015. Atua como membro do Comitê Científico e da diretoria da ASPAS - Associação Brasileira de Pesquisadores em Arte Sequencial, desde 2016. É membro da Comissão de estudo no campo da Documentação ABNT/CB-014, desde 2017. É editora científica da Revista Cajueiro: Ciência da Informação e Cultura da Leitura (ISSN 2595-9379) desde 2018. Participou dos comitês científicos do Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação - CBBD; Encontro Nacional de Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência da Informação e Gestão da Informação - ENEBD; do Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - ENANCIB. É membro do Observatório de Quadrinhos da Universidade de São Paulo (OHQ/USP) desde 2001. Tem experiência profissional e docente nos campos da Ciência da Informação, Biblioteconomia, Documentação, Comunicação e Educação. É vinculada ao Departamento de Ciência da Informação (DCI), e ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Exerceu cargo eletivo de Conselheira do CRB5, no período de 2014-2017. Atualmente, é conselheira nomeada do Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB), na 19 gestão (2022-2024). ORCID ID: 0000-0003-2871-5780.

  • Rubem Borges Teixeira Ramos, Faculdade de Informação e Comunicação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO, Brasil

    Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 2017, pelo qual recebeu o Prêmio UFMG de Teses como a melhor tese da área de Ciência da Informação (2018) e a Menção Honrosa no Prêmio CAPES de Tese (2018). Realizou doutorado sanduíche, com bolsa da CAPES, na University of Illinois at Urbana Champaign (UIUC), em 2015. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2008). Especialista em Gestão Estratégica da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005) e bacharel em Ciência da Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2004). Atualmente, é Professor Adjunto e vice-coordenador (2023 - 2024) do curso de graduação em Gestão da Informação da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) da Universidade Federal de Goiás (UFG), tendo atuado como coordenador de estágios (2016 - 2018), membro do NDE (2019 - atual) e coordenador de curso (2021-2022) do mesmo. Atuou como docente e coordenador de estágios do curso de graduação em Biblioteconomia da mesma instituição por três anos (2010 - 2013), bem como no curso de Especialização Lato Sensu em Gestão e Avaliação da Informação (ESAMI), na mesma universidade (2012). Membro do Grupo de Pesquisa Informação e Leitura (2007 - atual) da ECI/UFMG e do Núcleo de Pesquisa em Gestão, Políticas e Tecnologias da Informação-NGPTI/UFG. Tem experiência na área de Ciência da Informação, atuando e pesquisando principalmente nos seguintes temas: estudo de usos e usuários da informação, comportamento informacional, competência informacional, gestão da informação e do conhecimento, histórias em quadrinhos, leitores, leitura, apropriação e mediação de informação e do conhecimento, etnometodologia. Tem experiência também como professor de idiomas, pois lecionou inglês por vários anos.

Referências

BARI, Valéria Aparecida. Etta Candy contra o amargor da sociedade machista, segregacionista e gordofóbica. In: FORTUNA, Danielle Barros Silva (org.) et. al. Dossiê Mulheres e Arte Sequencial: elas pesquisa, elas produzem. Goiânia: CEGRAF UFG, 2022. p.190-230. (Coleção Desenredos, 16). Disponível em: https://files.cercomp.ufg.br/weby/up/459/o/Desenredos_16.pdf. Acesso em: 10 jul. 2023.

BARI, Valéria Aparecida. Os Vingadores e a Liga da Justiça: universos imaginários e questões sociais nas histórias em quadrinhos de super-heróis. In: NOVAES, Claudio Cledson (org.) et al. Livro, Leitura e inclusão no sertão da Bahia. Salvador: Quarteto, 2020. p. 173-196.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Tradução de Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

BRIAN, C. Etta Candy's evolution into a government agent. CBR.COM. Disponível em: https://www.cbr.com/wonder-woman-etta-candy-evolution/2/. Acesso em 23 fev. 2020.

CANELLA, Clara. Marvel celebra mês do Orgulho LGBTQIAP+ com nova HQ. Site Athosgls. 22 março, 2022. Disponível em: https://athosgls.com.br/marvel-celebra-mes-do-orgulho-lgbtqiap-com-nova-hq/ . Acesso em: 12 ago. 2023.

CHARTIER, Roger. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: UNESP, 1999.

CRUZ, Dandara Palankof e. A outra ponte do arco-íris: discursos e representações LGBTT nas histórias em quadrinhos de super-heróis norte-americanas. 2017. 226 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa-PB, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11736. Acesso em: 20 mar. 2023.

CRUZ, Dandara Palankof e. O casamento de Estrela Polar: a evolução da representação social LGBT no imaginário ficcional das HQs de super-heróis. 3as Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos. JORNADAS INTERNACIONAIS DE HISTÓRIAS EM QUADRINHOS, 3ª., 2015, São Paulo/SP. 15 f. s/n. Anais [...] Disponível em: https://jornadas.eca.usp.br/anais/3asjornadas/artigos.php?artigo=artigo_080620150826142.pdf. Acesso em: 30 jun. 2023.

FONSECA, Keven Fongaro. Uma introdução aos fundamentos da Narratologia. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Cinema e Audiovisual) – Instituto de Arte e Comunicação Social, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019. Disponível em: https://app.uff.br/riuff/handle/1/12830?mode=full . Acesso em: 20 mar. 2023.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

GOELLNER, Silvana Vidrole. Corpo. In: COLLING, Ana Maria; TEDESCHI, Losandro Antônio. Dicionário Crítico de Gênero. 2. ed. Dourados: Ed. Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), 2019. p. 141-144. Disponível em: http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/bitstream/prefix/1097/1/dicionario-critico-de-genero.pdf. Acesso em: 23 fev. 2020.

JOHNSTON, R. Etta Candy goes back to plus size for Wonder Woman #1. Blending Cool. 22 jun. 2016. Disponível em: https://bleedingcool.com/comics/etta-candy-goes-back-to-plus-size-for-wonder-woman-1/. Acesso em: 23 fev. 2020.

LEPORE, Jill. A História secreta da Mulher-Maravilha. Rio de Janeiro: Best Seller, 2017.

MANSO, Alysson. Representatividade Importa! Conheça 13 mutantes LGBTQIA+ da Marvel. Site Universo X-MEN, 28 jun. 2020. Disponível em: https://universoxmen.com.br/2020/06/representatividade-importa-conheca-10-mutantes-lgbtq-da-marvel/. Acesso em: 12 ago. 2023.

MARVEL COMICS. WIKIPÉDIA: a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2019. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Marvel_Comics&oldid=57018910. Acesso em: 22 dez. 2019.

MENDONÇA, Ismael Lopes; DUMONT, Lígia Maria Moreira. Leitura sob o prisma da cultura: o contexto em evidência. In: DUMONT, Lígia Maria (org.); MENDONÇA, Ismael Lopes (org.). Leitor, leitura e seus contextos: livro de estudos. Florianópolis: Rocha, 2021. p. 29-52.

MULHER-MARAVILHA VOLTE PRA MIM – O ULTIMATO. Site Ultimato do Bacon. 2020. Disponível em: https://ultimatodobacon.com/mulher-maravilha-volte-pra-mim-o-ultimato/. Acesso em: 12 ago. 2023.

MULHER-MARAVILHA. WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2020. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Mulher-Maravilha&oldid=58914423. Acesso em: 23 fev. 2020.

NALIATO, Samir. Panini lança Mulher-Maravilha – Volte para mim: parte de projeto da DC com distribuição alternativa. Universo HQ. 7 maio 2020. Disponível em: http://www.universohq.com/noticias/panini-lanca-mulher-maravilha-volte-para-mim-parte-de-projeto-da-dc-com-distribuicao-alternativa/. Acesso em 25 maio 2020.

PERDIGÃO, Juliana Andrade; SILVEIRA, Fabrício José Nascimento da. Informação simbólica, representações sociais e identidade: aproximações conceituais. Em Questão, Porto Alegre, v. 25, n. 1, p. 185-211, jan./abr. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.19132/1808-5245251.185-211. Acesso em: 13 ago. 2023. DOI: https://doi.org/10.19132/1808-5245251.185-211

RAMOS, Rubem Borges Teixeira. Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades: um estudo etnometodológico sobre o leitor e a leitura de histórias em quadrinhos de super-heróis da Marvel e da DC Comics. 2017. 252 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/BUBD-AXWMUC. Acesso em: 12 jun. 2023.

RAMOS, Rubem Borges Teixeira. Contribuições da etnometodologia na compreensão da relação entre o leitor de histórias em quadrinhos de super-heróis e sua leitura. In: DUMONT, Lígia Maria; MENDONÇA, Ismael Lopes (orgs.). Leitor, leitura e seus contextos: livro de estudos. Florianópolis: Rocha, 2021. p. 279-314.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernandes; LUCIO, Maria del Pilar. Metodologia da pesquisa. Porto Alegre: Penso, 2013.

SANTAELLA, Lucia. Matrizes de linguagem e pensamento: sonora, visual, verbal. São Paulo: Iluminuras, 2001. 432 p.

SMEE, Guilherme. Conheça a HQ em que o Estrela Polar se Assumiu Gay. Site Splashpages Wordpress. 5 de março de 2018. Disponível em: https://splashpages.wordpress.com/2018/03/05/conheca-a-hq-em-que-o-estrela-polar-se-assumiu-gay/ . Acesso em: 12 ago. 2023.

WINCK, Otto Leopoldo. A narratologia de Gérard Genette. Scripta Uniandrade, Curitiba, v. 20, n. 2 (2022), p. 112-126. Disponível em: https://revista.uniandrade.br/index.php/ScriptaUniandrade/article/view/2853/1692. Acesso em: 30 jun. 2023.

WRITEUPS ORG. Lieutenant-Colonel Etta Candy-Trevor. 2011. Disponível em: https://www.writeups.org/etta-candy-wonder-woman-dc-comics/. Acesso em 23 fev. 2020.

Downloads

Publicado

30/11/2023

Edição

Seção

Guerras Culturais: Informação, Política e Disputas Simbólicas

Como Citar

Primeiras representações da identidade de gênero e da diversidade nas histórias em quadrinhos de super-heróis estadunidenses. Liinc em Revista, [S. l.], v. 19, n. 2, p. e6578, 2023. DOI: 10.18617/liinc.v19i2.6578. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/6578.. Acesso em: 14 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 628

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.